Laudos de Segurança e Meio Ambiente

De acordo com as normas e leis vigentes.

LTCAT - LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DO TRABALHO.

A sigla LTCAT significa Laudo Técnico das Condições Ambientais de Trabalho. Esse documento não possui uma data de validade, porém, vale lembrar que devem ser feitas atualizações sempre que houver mudanças no ambiente de trabalho.

A empresa que não mantiver os laudos atualizados com os agentes nocivos presentes nos ambientes de trabalho, ou que tiver algum documento que comprove que há exposição entrando em desacordo com o LTCAT, estará sujeita às penalidades previstas em lei. Esse laudo é um comprovante de que as atividades exercidas pelo trabalhador durante a permanência na empresa oferecem a ele algum tipo de risco ambiental.

LTCAT

LAUDOS DE INSALUBRIDADE DO EMPREENDIMENTO

É o documento que avalia se os empregados de um determinado estabelecimento e/ou posto de trabalho estão expostos a algum agente físico, químico ou biológico capazes de causar danos à saúde, com base nos limites máximos de tolerância expostos na Norma Regulamentadora 15 do Ministério do Trabalho e Emprego.

INSALUBRIDADE

LAUDOS DE INSALUBRIDADE DO EMPREENDIMENTO

O laudo técnico de periculosidade diz respeito às atividades e operações com: Explosivos, Inflamáveis líquidos, Inflamáveis gasosos, Radiação ionizante e Substância radioativa. O laudo de periculosidade  caracteriza a periculosidade no ambiente de trabalho de sua empresa. Os maiores benefícios que a sua empresa terá com o desenvolvimento do laudo de insalubridade/periculosidade são a adequação à legislação vigente e a redução de custos com pagamento de insalubridade e periculosidade.

PERICULOSIDADE

LAUDO DE SISTEMAS ELÉTRICOS GERAL DO EMPREENDIMENTO

O laudo elétrico é o atestado legal das condições elétricas de uma edificação, requisitado por lei. É uma ferramenta muito importante para manter a segurança de todos em relação às instalações elétricas. Esse tipo de aparato pode facilmente causar grandes acidentes caso sua manutenção e adequação às normas técnicas não estejam sendo respeitadas como estabelecido na NR10.

O laudo elétrico pode abranger muitas situações e, em todas elas, ele é essencial para a segurança da empresa. Assim, as situações mais recorrentes ocorrem em laudos de instalações elétricas para edifícios e empresas. O laudo elétrico deve estar aliado ao laudo de incêndio e, caso necessário, ao laudo para sistemas contra descargas atmosféricas (SPDA).

SISTEMAS

ELÉTRICOS

SPDA - LAUDO DE INSPEÇÕES DO SISTEMA ELÉTRICO (PARA RAIOS).

O Laudo técnico de SPDA é um documento obrigatório em construções que possuem SPDA (sistema de proteção para descargas atmosféricas) ou para raio, como é popularmente conhecido. Nele, estão descritos os resultados da investigação ou o estado de um problema de inspeção técnica. Nele estão incluídas as recomendações e conclusões da inspeção.

Ao contrário de revistas científicas e publicações, os laudos técnicos raramente são submetidos a exaustivas revisões antes da publicação. Eles podem ser considerados como literatura cinzenta. Onde há um processo de revisão, o laudo é, muitas vezes, limitado dentro da organização de origem. Da mesma forma, não existem procedimentos de publicação formal para esses relatórios, exceto quando estabelecido localmente.

Sendo assim, não basta contar com um sistema de proteção para a sua empresa nesse sentido.

O SPDA ou para-raios precisa ser devidamente inspecionado, para que se ateste que está funcionando adequadamente. 

AVBC - AUTO DE VISTORIA DO CORPO DE BOMBEIROS.

A sigla AVCB significa Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros. É um documento emitido como forma de garantir que o edifício segue as normas de segurança contra incêndio.

Para que o edifício receba o certificado de aprovação do AVCB é realizada uma vistoria pelos Bombeiros

Caso o edifício não seja aprovado, é determinado um prazo para realizar uma nova vistoria.

Enquanto isso, o responsável pela gerência do prédio precisa fazer as modificações necessárias para instalar os equipamentos contra incêndio e garantir que estejam em boas condições de uso.

Para que o prédio seja aprovado, é preciso que os principais equipamentos contra incêndio estejam funcionando. São eles:

• Extintor

• Gás

• Suporte para extintor

• Luz de emergência

• Sinalização de saída de emergência

SPDA

AVBC

LAUDOS DE SISTEMAS DE COMBATE A INCÊNDIOS

Um laudo técnico para sistema de prevenção e combate a incêndio é o documento emitido por um perito, e neste documento deverão constar as considerações técnicas sobre a segurança de uma edificação. Este laudo deve ter um parecer positivo, o que garante que a obra está em conformidade com as normas vigentes de prevenção e combate ao incêndio, inclusive para a emissão do AVCB – Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros.

COMBATE

INCÊNDIOS

LAUDOS DE RUÍDO DE ENTORNO DO EMPREENDIMENTO.

Para cumprir o que rege a NBR 10151 e a Resolução CONAMA 001/90 as atividades industriais, comerciais, dentre outras, devem obedecer ao sossego público.

Por isso indústrias, construtoras e até mesmo bares e restaurantes devem avaliar, periodicamente, os níveis de ruídos provocados por suas operações em áreas habitadas.

Essa avaliação é uma forma de estabelecer as condições de aceitabilidade do ruído nas comunidades.  

RUÍDOS

ENTORNO

LAUDO DE GERADORES E SEUS POLUENTES JOGADOS NA AMOSFERA.

A elaboração de laudos de instalações elétricas devem ser feitas conforme as normas técnicas de funcionamento com atestado de abrangência para a emissão do AVCB, regulamentações relativas às instalações elétricas, proteção contra descargas atmosféricas e muito mais. Os documentos devem ser assinados pelo engenheiro responsável.

GERADORES

E SEUS

POLUENTES

  • LinkedIn
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

Contato

(11) 3337-5691

(11) 94036-7992

Atendimento

Seg. a Sex. das 8h às 16h

R. 24 de Maio, 35 - Conj 501 - República,

São Paulo - SP - Brasil

Empresa

 ©2020 Vilella Assessoria. All rights reserved by MPSI