Laudos e Outros Serviços Ambientais

LAUDO DE RUÍDO AMBIENTAL DE ENTORNO DE COMUNIDADES

LAUDO MICROBIOLÓGICO DE AR-CONDICIONADO ( CLIMATIZAÇÃO DE  AMBIENTES )

LAUDO DE POLUENTES DE GERADORES

É um documento técnico que atesta os resultados de medição de ruído, avaliando as condições de aceitabilidade do ruído em comunidades, independente da existência de reclamações, com parâmetros legais e seguindo a norma NBR ABNT 10.151:2000 relativa a limites de ruído permitidos.

O laudo para ar-condicionado é um relatório informativo que detalha os serviços realizados; Esse documento é fornecido pela empresa contratada para a avaliação com base nas avaliações feitas sobre o funcionamento do equipamento.

O laudo para ar-condicionado é uma exigência legal da Agência de Vigilância Sanitária em que a empresa contratada elabora um plano de manutenção, orientação e controle dos sistemas de climatização referentes aos serviços de limpeza e higienização do equipamento, exigidos pela ANVISA. É importante que todo imóvel que possua um equipamento de climatização tenha o laudo para ar condicionado, pois, caso este receba a visita de um profissional da Vigilância Sanitária, o dono do estabelecimento ou responsável deverá ter um documento que comprove que seu aparelho está apto para garantir a saúde do ambiente e das pessoas que se encontram nele.

O Laudo de Poluentes Atmosféricos tem como objetivo inspecionar as atividades em que os gases produzidos possam não contaminar a atmosfera e prejudicar a saúde das pessoas.

GESTÃO DE CERTIFICAÇÕES AMBIENTAIS TAIS COMO CADRI.

O CADRI é uma espécie de indicador de geração e disposição de resíduos. É uma forma de garantir que os materiais estão sendo dispostos, adequadamente, para sua destinação final através de empresas homologadas. O CADRI faz parte de um conjunto de documentos e instrumentos que garantem o tratamento adequado dos resíduos, complementando assim, o atendimento à Política Estadual de Resíduos Sólidos presente na Lei Estadual 12.300/2006 e também à Política Nacional de Resíduos Sólidos estabelecida pela Lei Federal 13.305/2010.

PGRS- PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS

O Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS) é um documento técnico que identifica a tipologia e a quantidade de geração de cada tipo de resíduo e indica as formas ambientalmente corretas para o manejo, nas etapas de geração, acondicionamento, transporte, transbordo, tratamento, reciclagem, destinação e disposição final. Nossa equipe tem o prazer de desenvolver estudos ambientais para nossos clientes viabilizando  a elaboração do PGRS, destacando como deve ser efetuado o armazenamento, transporte, destinação final e quantificação de seus resíduos de acordo com a legislação vigente.

SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL

O Sistema de Gestão Ambiental é um conjunto de normas, estratégias e procedimentos para gerir uma empresa visando minimizar os impactos de suas atividades no meio ambiente e melhorar a relação entre a organização e a sociedade. O SGA é regulamentado pela norma ISO14001 da ABNT, que é um conjunto de práticas e políticas organizacionais que tem como objetivo unir as práticas econômicas com um desenvolvimento ambiental saudável. Dessa forma, em um cenário econômico cada vez mais exploratório e com os recursos da natureza se tornando mais escassos, o Sistema de Gestão Ambiental visa a preservação ambienta orientando as atividades das empresas em busca do equilíbrio entre indústrias e meio ambiente. Ou seja, o SGA busca aumentar a eficiência das empresas, ajudando-as a utilizar menos recursos e causando menos impacto com suas atividades econômicas.

ANÁLISE DE CICLO DE VIDA DE PRODUTOS

A Avaliação do Ciclo de Vida é uma técnica desenvolvida para verificar o impacto de produtos no meio ambiente. Na ACV são analisados os efeitos ambientais associados às atividades produtivas ao longo de todo o ciclo de vida do produto. A Avaliação do Ciclo de Vida (ACV) é regida pelas normas ISSO 1404, criadas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Esse tipo de avaliação auxilia na identificação de oportunidades de melhoria nos aspectos ambientais dos produtos nas várias fases do seu ciclo de vida, visando assim minimizar o uso de itens tóxicos, reduzir o consumo de água e energia, diminuir a geração de resíduos (e encontrar soluções para utilizá-los como subprodutos), reduzir os custos dentro do processo, avaliar a utilização de máquinas e equipamentos, e ainda gerenciar outras atividades ambientais referentes ao processo industrial, entre outros fatores. A partir da ACV, a indústria pode verificar o que está sendo feito de errado em termos ambientais e tentar corrigir as falhas; e o consumidor pode escolher, dentro das suas possibilidades, produtos de companhias que se adequam a uma lógica mais sustentável.

A Avaliação de Impacto Ambiental (ou AIA) é um instrumento preventivo usado nas políticas de ambiente e gestão ambiental com o intuito de assegurar que um determinado projeto passível de causar danos ambientais seja analisado de acordo com os prováveis impactos no meio ambiente, e que esses mesmos impactos sejam analisados e tomados em consideração ao seu processo de aprovação. A elaboração de um AIA é apoiada em estudos ambientais elaborados por equipes multidisciplinares, os quais apresentam diagnósticos, descrições, análises e avaliações sobre os impactos ambientais efetivos e potenciais do projeto.

AVALIAÇÃO DE IMPACTOS AMBIENTAIS

A ABNT NBR ISO 14000 especifica os requisitos de um Sistema de Gestão Ambiental e permite a uma organização desenvolver uma estrutura para a proteção do meio ambiente e rápida resposta às mudanças das condições ambientais. A norma leva em conta aspectos ambientais influenciados pela organização e outros passíveis de serem controlados por ela. A implementação dessa norma destina-se a empresas que desejam estabelecer ou aprimorar um Sistema de Gestão Ambiental, estar seguras sobre as políticas ambientais praticadas ou de acordo com as  práticas sustentáveis a clientes e organizações externas.

IMPLANTAÇÃO DE ISO 14001

Gestão e avaliações ambientais;

Atendimento aos requisitos de sistemas de gestão ambiental, socioambientais e de sustentabilidade;

Engajamento para Implantação de Estratégias e Plataformas de sustentabilidade;

Gerenciamento de resíduos;

Gerenciamento de áreas contaminadas;

Gerenciamento de recursos naturais com foco em ações de economia de água e energia.

TREINAMENTOS NA ÁREA AMBIENTAL.

Os serviços de coleta ambiental são realizados, periodicamente, de acordo com as demandas estabelecidas pelas prefeituras das cidades. Esses serviços incluem coleta de resíduos sólidos comuns, resíduos recicláveis, resíduos sólidos especiais e resíduos sólidos de serviços de saúde. Eles são realizados com veículos específicos para essa atividade e funcionários treinados para a função.

ADEQUAÇÃO DE SISTEMA DE COLETA EM CONDOMÍNIOS

A Villela efetua a solicitação e avaliação documental rotineiras das empresas desenvolvedoras de serviços no empreendimento com o objetivo de garantir a legalidade com órgãos públicos. Controla o fluxo de vencimentos para garantir a efetiva validade documental, além de demonstrar às empresas sua pontuação documental de forma constante para que estas se adequem as suas irregularidades. Também dispõe da organização de evidências documental, via portfólio, e arquivos digitais para facilitar o  levantamento de evidências em processos de auditorias e  fiscalizações ambientais.

GESTÃO AMBIENTAL

  • LinkedIn
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

Contato

(11) 3337-5691

(11) 94036-7992

Atendimento

Seg. a Sex. das 8h às 16h

R. 24 de Maio, 35 - Conj 501 - República,

São Paulo - SP - Brasil

Empresa

 ©2020 Vilella Assessoria. All rights reserved by MPSI